Hacking em Marketing

https://www.facebook.com/kfcmaurice/videos/1999186910151431/

 

Em publicidade ou copiamos, ou roubamos, ou criamos a moda (assustador e ninguém quer até que seja feito por outrem e depois copiar ou roubar) ou fazemos o HACKING (nova tendência).

Sem os direitos de imagem no mundial a KFC da South África optou pelo Hacking para posicionar-se na Copa. A campanha que hoje é viral foi lançada antes do Neymar começar com o cai-cai e hoje todo mundo acredita que a KFC inspirou-se no Neymar .. e nisso tudo a KFC é que está vendendo mais Wings ??

O Hacking em Publicidade ocorre da mesma forma na computação que é na verdade à reconfiguração ou reprogramação de um sistema, de forma que não foi autorizado pelo proprietário.

Neste caso a KFC usou tudo que a FIFA tem, mas, não detém direitos (Campos, Árbitros, Momentum da Copa, Mídia, Queda dos Jogadores etc) e no fim era só deixar o cliente conectar uma coisa com outra.

Em Moçambique já vimos muitos Hacking involuntários (Feitos pelo consumidor) baseados na necessidade, por Ex: Geleiras da marca de bebidas X serem usadas para congelar bebidas da marca Y .. ou assobio da operadora A ser usado para comprar crédito da marca B … Nos próximos dias poderemos presenciar Hackings feitos directamente pelas agências.